Câmara aprova repúdio à fala de Arthur do Val sobre ucranianas

Brasília, terça-feira, 8 de março de 2022 - 20:41

POLÍTICA

Câmara aprova repúdio à fala de Arthur do Val sobre ucranianas


Por: Walter Félix

Com o voto do PCdoB, plenário aprova moção que repudia falas e comentários sexistas do deputado estadual por São Paulo sobre mulheres ucranianas.

Reprodução da internet

A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (8) moção de repúdio às declarações do deputado estadual paulista Arthur do Val sobre as mulheres ucranianas, feitas durante viagem em meio à guerra contra a Rússia.

O requerimento de moção (REQ 216/22), colocado em votação pela deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), que estava presidindo a sessão, teve o voto favorável de todos os partidos.

Em visita à Ucrânia, o deputado conhecido como 'Mamãe Falei', enviou áudios com frases discriminatórias e machistas em referência a refugiadas que buscavam deixar o país em guerra e sobre agentes de segurança da região. Ele já é alvo de pedidos de cassação na Assembleia Legislativa de São Paulo.

Ao encaminhar o voto favorável do partido, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) destacou o repúdio veemente da legenda ao conteúdo das declarações do deputado.

"O PCdoB repudia veementemente o conteúdo das falas, a atitude, o uso da boa fé do povo para estruturar sua viagem e reconhece o seu comportamento, que não é de hoje. As falas desse parlamentar de São Paulo vêm de muito tempo, com esse conteúdo misógino, preconceituoso. Mas nesse episódio foi pior, porque expressou uma tara, uma perversão muito clara, porque foi assédio sobre um profundo sofrimento das mulheres em vulnerabilidade e também a xenofobia, o preconceito. Esse cidadão precisa de fato ser punido severamente pela Assembleia Legislativa de São Paulo, mas também pela sociedade. Essa expressão política da Câmara dos Deputados deve ser uma expressão clara de que atitudes como esta não se repitam", afirmou.

Para a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), que encaminhou o voto pela Oposição, Arthur do Val manifestou uma "posição abjeta, deplorável, uma posição absolutamente preconceituosa, machista e indecorosa com mulheres estrangeiras que passam por um momento de ruptura da paz". "Não podemos aceitar. É preciso essa moção crítica, educativa, uma moção tão áspera como foi a sua posição com respeito às mulheres ucranianas. Uma grande atitude no Dia Internacional da Mulher", disse.

A coordenadora da bancada feminina na Casa, deputada Celina Leão (PP-DF), afirmou que a Câmara dos Deputados não pode se calar diante de atos que causam vergonha internacional.

“São atos de um parlamentar que deveria defender toda a sociedade e nos envergonha internacionalmente. Essa moção de repúdio está sendo analisada em um momento simbólico”, disse.

O conteúdo dos áudios gravados por Arthur do Val, vazados na última sexta-feira (4), ganharam grande repercussão negativa na mídia e nas redes sociais. Nas mensagens gravadas durante a viagem à Ucrânia, o deputado afirmou que as mulheres ucranianas “são fáceis porque são pobres”.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com