“É um moleque, não é um homem”, diz Márcio Jerry sobre Bolsonaro

Brasília, segunda-feira, 30 de março de 2020 - 18:41

POLÍTICA

“É um moleque, não é um homem”, diz Márcio Jerry sobre Bolsonaro


Por: Nathália Bignon*

Deputado critica passeio de Bolsonaro em meio à pandemia do coronavírus.

Richard Silva/PCdoB na Câmara

“É um moleque, não é um homem”. Com estas palavras o vice-líder do PCdoB, deputado Márcio Jerry (MA), classificou o comportamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, que em meio à pandemia do coronavírus, percorreu o Distrito Federal neste último domingo (29).

“É um moleque, não é um homem. Tem que enfrentar o problema, Jair Bolsonaro, como homem, como mulher que tem responsabilidade, amor à própria vida e a de seus semelhantes. Para de estupidez. Chega de agredir a saúde do povo brasileiro”, declarou o parlamentar, cobrando seriedade do mandatário.

Sem proferir qualquer manifestação de pesar pelos 141 mortos registrados no país pela Covid-19, Bolsonaro fez diversas postagens que o mostram próximo a ambulantes e simpatizantes durante a caminhada. Sem atender aos pedidos de isolamento feitos pelo próprio ministério da saúde, a atitude gerou revolta ao longo de todo o dia e também nesta segunda. Por infringir as recomendações sanitárias de todo o mundo no combate à doença, o Twitter também deletou os vídeos divulgados na conta oficial do presidente.

Nesta segunda, o Ministério Público Federal (MPF) pediu à Justiça que aplique uma multa de R$ 100 mil ao governo federal.

Declarações

Para tentar justificar o tour, Bolsonaro chegou a dizer, logo após o passeio, que a pandemia é uma realidade, mas que todos morrerão um dia. “É uma realidade, o vírus está aí. Vamos ter que enfrentá-lo, mas como homem, p*rra”, disse o Presidente da República . “É a vida. Todos nós iremos morrer um dia”.

Sem apresentar quaisquer dados estatísticos, o mandatário ainda chegou a atribuir o aumento da violência doméstica em meio à crise ao fato de “faltar pão na casa das pessoas”. “Tem mulher apanhando em casa. Por que isso? Em casa que falta pão, todos brigam e ninguém tem razão. Como é que acaba com isso? Tem que trabalhar, meu Deus do céu. É crime trabalhar?”, disse Bolsonaro aos jornalistas.

*Ascom deputado Márcio Jerry.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com