Salvando o esporte

Brasília, terça-feira, 21 de julho de 2020 - 13:50

PALAVRA DA LÍDER

Salvando o esporte


Por: Perpétua Almeida

Reprodução da internet

 Desportistas e trabalhadores do esporte receberão renda emergencial durante a pandemia. Essa foi uma vitória importante garantida pela Câmara dos Deputados para socorrer um dos setores mais atingidos pela crise sanitária. 

Conseguimos destinar um total de R$ 1,6 bilhão para medidas emergenciais por meio do Projeto de Lei (PL) 2824/20 Atletas, paratletas, técnicos, preparadores, professores de educação física, árbitros, promotores de competições, profissionais de saúde, massagistas e outros profissionais do setor receberão três parcelas de auxílio emergencial de R$ 600. Mães solteiras poderão receber duas cotas do benefício (R$ 1,2 mil).

O texto também garante a renegociação de dívidas das entidades e abertura de linhas de crédito. A ajuda será fundamental e beneficiará milhões de pessoas. Vale destacar que essas categorias fazem um trabalho social de retirar crianças e jovens das ruas, promovendo inclusão por meio do esporte.

Ajuda semelhante já tinha sido garantida a artistas e estabelecimentos culturais, que receberão R$ 3 bilhões em auxílio financeiro graças à sanção da Lei Aldir Blanc, homenagem ao compositor carioca que morreu vítima de Covid-19 em maio. O PCdoB fez a relatoria da matéria na Câmara.

Com o agravamento da crise do coronavírus, a Bancada do PCdoB no Congresso reforçou a luta pela aprovação de propostas que ajudem a preservar vidas. Infelizmente, o país já contabiliza mais de 76 mil mortes e mais de 2 milhões de infectados. 

Um dos focos também é debelar a crise sem precedentes e defender a economia nacional, protegendo empregos e setores mais vulneráveis. É triste ver que 715 mil pequenas empresas com até 49 funcionários fecharam as portas nesse período. 

O governo Bolsonaro tentou tirar de pauta o projeto do esporte, mas conseguimos impedir mais essa maldade. Esperamos que o presidente comece a liderar a superação do caos e pare de cometer crimes e proteger sua família. Se não for possível, que ele pelo menos não atrapalhe quem quer ajudar os brasileiros mais vulneráveis.

*Deputada federal pelo Acre e líder do PCdoB na Câmara.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com