Deputado enquadra bolsonarista que desestimulou uso de máscara

Brasília, segunda-feira, 21 de setembro de 2020 - 17:20

POLÍTICA

Deputado enquadra bolsonarista que desestimulou uso de máscara


Por: Nathália Bignon*

Márcio Jerry (PCdoB-MA) rebate fala de Daniel Silveira (PSL-RJ) sobre uso de máscara. Deputado bolsonarista afirma que "máscaras estão adoecendo as pessoas".

Reprodução da Internet
Daniel Silveira incita população a desobedecer legislação sobre uso de máscara

Vice-líder do PCdoB, o deputado Márcio Jerry (MA) rebateu nesta segunda-feira (21) o colega de Parlamento, Daniel Silveira (PSL-RJ). Aliado de Jair Bolsonaro, Silveira escreveu em suas redes sociais que “as máscaras estão adoecendo as pessoas ”e que só usa o acessório “em locais que idiotas enchem o saco”. O deputado não apresentou qualquer prova ou argumento científico para embasar a própria tese.

“Máscaras devem adoecer quem não tem cérebro na cabeça. Deve ser o caso do deputado Daniel Silveira”, retrucou Jerry, diante da argumentação do parlamentar carioca.

Na postagem, feita no domingo, o pesselista afirmou também que a lei determina o uso obrigatório de máscara cairá em desuso, caso a sociedade se oponha a segui-la. Daniel Silveira diz ter testado positivo para a Covid-19, mas já estar recuperado.

"As máscaras estão adoecendo pessoas. Coloco somente em locais que idiotas enchem o saco e deixo o nariz descoberto. Existe a lei, mas se a sociedade não obedecer, ela cairá em desuso. Se o Parlamento insiste em manter, o povo, dono da democracia, deve fazer valer sua voz", escreveu Silveira, ignorando os quase 137 mil óbitos já registrados pela Covid-19 no Brasil.

O uso do acessório em público foi definido pela Organização Mundial da Saúde como forma de impedir e reduzir a propagação do novo coronavírus. Uma pesquisa feita na Alemanha apontou que o uso de máscara pela população pode reduzir em 40% a taxa de crescimento das infecções.

Outro estudo concluiu que o uso de máscaras reduz a carga viral a que a população está exposta e, se infectados, a manifestação da doença pode ser mais branda ou mesmo assintomática. A comunidade científica orienta que a forma correta de usar o acessório é cobrindo o nariz e a boca, já que o nariz é a principal porta de entrada do vírus no organismo.

*Ascom deputado Márcio Jerry









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com