Governo executa menos de 40% dos recursos destinados ao enfrentamento da pandemia

Brasília, quarta-feira, 10 de junho de 2020 - 14:22

POLÍTICA

Governo executa menos de 40% dos recursos destinados ao enfrentamento da pandemia


Por: Christiane Peres

Estudo da Liderança do PCdoB aponta que dos R$ 303,5 bilhões autorizados pelo Congresso para o combate ao coronavírus, apenas R$ 118 bilhões foram executados.

  
Liderança do PCdoB sistematiza dados sobre execução orçamentário do governo Bolsonaro para enfrentamento da pandemia de coronavírus

O governo Bolsonaro continua liberando a conta-gotas os recursos para enfrentamento da pandemia de coronavírus no Brasil. Em uma análise dos recursos autorizados pelo Congresso até o momento, o governo de Jair Bolsonaro executou apenas R$ 118 bilhões, dos R$ 303,5 bilhões já autorizados por meio de MPs aprovadas no Legislativo.

De acordo com a líder do PCdoB, deputada Perpétua Almeida (AC), no momento em que o país mais precisa de um líder, Bolsonaro se mostra um “inútil”. “Ele retém os recursos destinados ao combate ao coronavírus. Governa para os seus, aqueles que querem fechar às instituições, pilares da democracia”, afirma a líder.

Com mais de 120 dias do reconhecimento legal da pandemia, o governo liberou poucos recursos a estados e municípios, dificultando ações mais efetivas para atendimento da população.

“Enquanto estados e municípios agonizam a espera de auxílio financeiro, os bancos já receberam R$ 17 bilhões, dos quais apenas 11% chegaram às empresas para auxiliar na folha de pagamento. Bolsonaro não cuida nem de salvar vidas, nem a economia. O Banco Mundial prevê para o Brasil uma das maiores recessões entre os países em desenvolvimento, com queda de 8% no PIB”, pontua o deputado Renildo Calheiros (PCdoB-PE).

De acordo com o estudo realizado pela Liderança do PCdoB sobre a execução dos recursos, até esta terça-feira (9), apenas R$ 2 bilhões tinham sido repassados aos estados e municípios por meio dos fundos de participação dos estados e municípios (FPE e FPM).

Para o deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA), a baixa execução do governo reflete “o grau de elevada incapacidade e absurdo desinteresse do governo Bolsonaro no combate aos efeitos graves da pandemia”. “Misto de incompetência com falta de vontade política que vitima milhões de brasileiros”, disse o parlamentar.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

26/11 - 17:44 | SEMANA DE 29 DE NOVEMBRO A 3 DE DEZEMBRO
Plenário segue votando Medidas Provisórias

5/11 - 16:6 | SEMANA DE 8 A 12 DE NOVEMBRO
Votações se reiniciam com Medidas Provisórias

18/6 - 16:28 | SEMANA DE 21 A 25 DE JUNHO
Câmara começa semana com pauta ainda indefinida

4/6 - 12:27 | SEMANA DE 7 A 11 DE JUNHO
Pauta continua bloqueada por Medidas Provisórias

14/5 - 12:22 | SEMANA DE 17 A 22 DE MAIO
Plenário vota emendas do Senado à MP 472

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com