Panelaços em repúdio a Bolsonaro ocorrem em todo o Brasil

Brasília, quinta-feira, 19 de março de 2020 - 11:56

POLÍTICA

Panelaços em repúdio a Bolsonaro ocorrem em todo o Brasil


Por: Da redação, com informações das agências

Capitais e regiões metropolitanas registraram a segunda noite seguida de panelaços em protesto contra o governo.

Reprodução da internet

Capitais e cidades de regiões metropolitanas registraram, nesta quarta-feira (18), a segunda noite seguida de panelaços em protesto contra o governo de Jair Bolsonaro. As manifestações são uma reação à atitude do presidente de comparecer a ato contra o Congresso e o Judiciário no domingo (15), contrariando inclusive a recomendação de isolamento do Ministério da Saúde depois de ter sido testado para a Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Apitos e panelas bateram em bairros de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Recife, Curitiba, Florianópolis, Salvador, Fortaleza, Porto Alegre, João Pessoa, Juiz de Fora e Niterói, entre outras cidades. Também foram registrados gritos de “fora, Bolsonaro”.

O protesto se deu em dois momentos. O primeiro ocorreu pouco depois das 19 horas, quando Bolsonaro fez pronunciamento ao lado de outras autoridades. O segundo protesto, com mais força, ocorreu às 20h30. Era o horário para o qual as manifestações estavam sendo convocadas nos últimos dias pela internet e aplicativos de mensagem.

Na capital paulista, foram ouvidos xingamentos ao presidente em bairros como Moema e Vila Mariana (zona sul); Pinheiros, Sumaré, Pompeia, Lapa e Vila Madalena (zona oeste); Jardins, Bela Vista, Santa Cecília, Liberdade e Higienópolis (região central); e Mooca (zona leste).

Também ouviram-se gritos contra o presidente em bairros da zona sul e central do Rio de Janeiro, tais como Copacabana, Gávea, Estácio e Jardim Botânico; e na Asa Norte e Águas Claras, em Brasília. Houve protestos contra Bolsonaro na região central de Belo Horizonte (MG), no Recife (PE) e em Niterói (RJ).

Centenas de pessoas também empunharam suas panelas em Salvador (BA). O protesto na cidade foi registrado no Twitter pela deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) como um grito do povo baiano "contra o retrocesso". "Acabou, Bolsonaro, você não é mais presidente!!!", escreveu a parlamentar.

O deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) também comentou a manifestação. "O povo é soberano, presidente. Por isso que o Brasil inteiro está gritando 'Fora Bolsonaro'", postou em suas redes sociais.

Para a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), o panelaço mostrou que "o brasileiro acordou e não vai aceitar a irresponsabilidade de Bolsonaro com a pandemia no país". O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) lembrou que o presidente se utilizou da cobertura jornalística de sua entrevista coletiva para convocar um panelaço a favor, "que não teve adesão nem entre os milicianos de Rio das Pedras". "Um constrangedor tiro no pé", disse.

Segundo a líder da Bancada, deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), não existe panelaço a favor de governo. "Está provado! Só alguém de visão tapada convoca panelaço a seu favor", criticou.

O deputado Márcio Jerry (PCdoB-MA) registrou no Twitter os protestos contra Bolsonaro na capital maranhense. "Panelaços em defesa do Brasil e contra Bolsonaro ecoaram por toda São Luis", escreveu.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com