Vitória da frente ampla vai manter Câmara junto ao povo

Brasília, quarta-feira, 6 de janeiro de 2021 - 18:55      |      Atualizado em: 7 de janeiro de 2021 - 22:35

POLÍTICA

Vitória da frente ampla vai manter Câmara junto ao povo


Por: Walter Félix

Bloco formado por 11 partidos lança candidatura de Baleia Rossi à presidência da Câmara. Candidato promete empenho na luta em defesa da democracia e por um legislativo independente.

Richard Silva/PCdoB na Câmara

A campanha do deputado Baleia Rossi (MDB-SP), candidato a presidente da Câmara representando um bloco formado por 11 partidos, foi lançada oficialmente nesta quarta-feira (6) durante evento no Salão Negro da Casa. A eleição para definir os integrantes da nova Mesa Diretora no biênio 2021/2022 ocorrerá no começo de fevereiro.

Com o apoio do PT, PSL, MDB, PSB, PSDB, DEM, PDT, Cidadania, PV, PCdoB, Rede e do atual presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), ele vai concorrer ao cargo com o deputado Arthur Lira (PP-AL), que anunciou candidatura em dezembro.

O candidato da aliança de legendas denominada "Frente Câmara Livre" ressaltou que o bloco formado em torno do seu nome é "a maior união desde a redemocratização de partidos que pensam diferente". "Nós somos o que a sociedade espera", disse. Segundo o parlamentar, a população quer mais "compaixão, respeito e igualdade". "A sociedade espera uma luta por democracia e por liberdade", acrescentou.

Baleia Rossi também definiu a busca pela vacinação contra a Covid-19 como uma prioridade para a Câmara. "Temos que nos mobilizar para cobrar a vacina universal. Vacina gratuita para todos", reforçou. O deputado destacou o papel da Câmara dos Deputados na criação do auxílio emergencial, da Lei Aldir Blanc, do novo Fundeb e de outras propostas aprovadas em 2020.

"Tudo isso porque temos uma Câmara independente, porque a nossa Câmara Federal é livre. Exatamente por isso a Casa não pode ser submissa, senão ela não fiscaliza e não participa da sociedade", frisou.

O parlamentar criticou o governo ao citar que a proposta inicial do auxílio emergencial previa o benefício com valor de R$ 200,00 mensais. Ele observou que a consolidação do pagamento em R$ 600,00 foi uma construção da Câmara. Rossi falou ainda que defende que a Casa volte a discutir o auxílio emergencial, que deixou de vigorar ao término de 2020.

Para a líder do PCdoB na Câmara, deputada Perpétua Almeida (AC), a vitória da "Frente Câmara Livre" na eleição para o comando da Casa é indispensável para garantir que a Câmara dos Deputados seja mantida "como uma instituição na defesa do povo brasileiro e dos cidadãos".

"A gente vê a situação do País se agravando e sabemos que muitas respostas é a Câmara que vai dar, porque não dá pra esperar muita coisa de um presidente que diz que seu país está quebrado e ele não pode fazer nada. Aí a gente olha pra traz e vê que durante a pandemia mais de 90% das ações de socorro ao povo, às empresas e ao emprego saíram da Câmara do Deputados", afirmou.

Perfil

Baleia Rossi, 48 anos, é presidente nacional do MDB e líder do partido na Câmara dos Deputados. Está no seu segundo mandato como deputado federal e iniciou a carreira pública aos 20 anos, quando foi eleito vereador na cidade de Ribeirão Preto (SP). É filho do ex-ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Wagner Rossi.
 









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com