“Nunca um presidente esteve tão envolvido em suspeitas de crimes”, diz Márcio Jerry

Brasília, sexta-feira, 10 de julho de 2020 - 14:4

POLÍTICA

“Nunca um presidente esteve tão envolvido em suspeitas de crimes”, diz Márcio Jerry


Por: Nathália Bignon*

Vice-líder do PCdoB classifica como “gravíssima” a relação de assessor ligado a Bolsonaro com disseminação de fake news.

Reprodução da Internet

Nesta sexta-feira (10), o vice-líder do PCdoB, o deputado Márcio Jerry (MA) classificou como “gravíssima” a revelação de que um assessor diretamente ligado ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi apontado pelo Facebook como chefe do esquema de contas falsas nas redes sociais. Para o parlamentar, as contas banidas pela empresa americana são mais uma prova das ilegalidades que envolvem o presidente.

“Nunca em nossa história um presidente da República tão envolvido com graves suspeitas de crimes como Jair Bolsonaro. Tá no topo de um esquema que envergonha as verdadeiras pessoas de bem de nosso Brasil. As milícias digitais com endereços revelados, dois dos quais com clara utilização de recursos públicos: gabinetes do Eduardo Bolsonaro e do presidente. Muito grave, gravíssimo”, disse Jerry, em suas redes sociais.

Na última quarta, um levantamento feito pelo Laboratório Forense Digital do Atlantic Council, em parceria com o Facebook, citou Tércio Arnaud Tomaz, assessor especial de Bolsonaro, como o responsável por parte dos ataques a opositores de Bolsonaro, como ao ex-ministro Sergio Moro e a integrantes de outros Poderes, e por difundir desinformação em temas ligadas à pandemia do coronavírus.

Além de Tércio, cinco ex e atuais assessores de legisladores bolsonaristas, entre eles um funcionário do deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), foram identificados como conectados à operação de desinformação no Facebook e no Instagram. 

*Ascom deputado Márcio Jerry









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com