Perpétua Almeida volta ao combate na Câmara

Brasília, terça-feira, 9 de outubro de 2018 - 12:6      |      Atualizado em: 17 de outubro de 2018 - 15:44

ELEIÇÃO 2018

Perpétua Almeida volta ao combate na Câmara


Por: Da Redação

Deputada pelo Acre por três legislaturas, Perpétua Almeida garantiu o quarto mandato para a Câmara dos Deputados nas eleições de 2018.

Mulher do povo, 15ª filha de pai seringueiro e mãe costureira, Perpétua Almeida foi a sexta candidata à deputada federal mais votada do Acre no pleito deste ano, obtendo 18.374 votos. Integrante da Bancada do PCdoB na Câmara, ela será um nome importante na defesa das bandeiras dos brasileiros, das mulheres e dos trabalhadores.

Deus escreve certo por linhas tortas. O ditado popular pode ser bem aplicado no caso de Perpétua. Ela pretendia ser freira e já vivia há cinco anos no colégio das irmãs Dominicanas, em Cruzeiro do Sul (AC), quando largou tudo para se engajar na vida política, aos 18 anos. “Foi na Igreja que despertei para as causas sociais e foi com esse sentimento que ingressei na militância política. Logo me filiei ao PCdoB”, conta.

A deputada nasceu num seringal e lá morou até os 14 anos. Sempre ligada às necessidades do seu estado, teve atuação importante em cheias do Rio Madeira (RO), que afetaram as estradas que ligam o Acre ao resto do país, dificultando o abastecimento do estado. Também articulou apoio federal, inclusive financeiro, para reestabelecer cidades devastadas pelas águas nas chuvas do inverno no Norte.

Foi relatora da proposta que estabelece o pagamento de uma indenização única de R$ 25 mil aos soldados da borracha e seus dependentes legais (PEC 61/2013). A proposta já foi promulgada e contou com uma batalha ferrenha de Perpétua. Para ela, essa emenda constitucional representa justiça mínima aos seringueiros recrutados pelo governo brasileiro entre 1939 e 1945.

Os soldados da borracha foram alistados e transportados para trabalhar nos seringais da Amazônia durante a Segunda Guerra Mundial, com o objetivo de extrair borracha para os Estados Unidos (EUA). O material era necessário para a produção de armas de guerra. Muitos morreram, em decorrência de doenças como malária, da alimentação precária ou mesmo assassinados. A proposta beneficia mais de 15 mil soldados da borracha, além de outros sete mil dependentes.

A defesa nacional é outro tema importante para a parlamentar. Ela presidiu a Subcomissão Permanente para Acompanhamento dos Projetos Estratégicos das Forças Armadas, da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara dos Deputados. Entre suas pautas na área, está a defesa de mais investimentos para o setor para fortalecer ações estratégicas, como o monitoramento e proteção das fronteiras.

A deputada nas redes sociais:

Facebook: /perpetuaalmeida.acre
Twitter: @perpetua_acre
 









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com