Deputada condena fim do aumento real do piso salarial dos professores

Brasília, segunda-feira, 19 de outubro de 2020 - 14:40      |      Atualizado em: 20 de outubro de 2020 - 14:43

EDUCAÇÃO

Deputada condena fim do aumento real do piso salarial dos professores


Por: Da Redação

Governo Bolsonaro quer vincular reajuste à inflação por meio da regulamentação do Fundeb e estuda medida provisória.

Arquivo/Richard Silva/PCdoB na Câmara
Alice Portugal participa de ato na Câmara em defesa do Fundeb

O governo Bolsonaro quer vincular o reajuste do piso salarial dos professores da educação básica à inflação, o que elimina o ganho real garantido pela lei atual. A proposta é alterar a Lei do Piso na regulamentação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb).

De acordo com a legislação em vigor, o reajuste anual é vinculado à variação do valor por aluno do Fundeb, o que reflete em aumentos acima da inflação, mas pressiona as contas de estados e municípios. O governo quer que a atualização seja feita apenas Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Caso a regra já estivesse em vigor, o reajuste em 2019 seria de 4,6%. O último aumento pela lei foi de 12,84%, quando o piso chegou a R$ 2.886,24.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) criticou a proposta e defendeu mobilização contra a medida do governo Bolsonaro.

“Absurdo! Bolsonaro quer vincular o reajuste do piso salarial dos professores da educação básica à inflação, eliminando o ganho real garantido pela lei atual. A proposta do governo é alterar a Lei do Piso na regulamentação do novo Fundeb. Não vamos permitir”, destacou a parlamentar.

De acordo com informações veiculadas pela Folha de S.Paulo, o governo espera que o Congresso vote a regulamentação do Fundeb ainda neste mês para ter tempo de operacionalizar as novas regras. O executivo, entretanto, já trabalha em uma medida provisória caso o tema não avance até novembro.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com