Basta, Bolsonaro!

Brasília, segunda-feira, 2 de março de 2020 - 9:1

PALAVRA DA LÍDER

Basta, Bolsonaro!


Por: Perpétua Almeida*

Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Jair Bolsonaro passou dos limites. Ocupante do mais alto cargo da República, eleito por voto popular nas eleições de 2018, o presidente deve explicações urgentes ao povo brasileiro: precisa vir a público e dizer de forma clara que não apoia a convocação de manifestação contra os poderes da República, pilares de nossa democracia, o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF).

Como vivemos em uma democracia, os cidadãos são livres para expressarem suas opiniões e nos limites das leis, da Constituição e de forma pacífica. É inadmissível que Bolsonaro permita o uso de seu nome para insuflar mobilizações contrárias ao regime democrático.

Ao compartilhar vídeos de apoio a manifestações que achincalham e pedem o fechamento das instituições democráticas, o presidente mostra que “não está à altura do altíssimo cargo que exerce” e “pode ser responsabilizado por crime de responsabilidade”, como afirmou o ministro Celso de Mello, decano do STF.
Como bem declarou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, “criar tensão institucional não ajuda o País a evoluir. Somos nós, autoridades, que temos de dar o exemplo de respeito às instituições e à ordem constitucional. O Brasil precisa de paz e responsabilidade para progredir”.

Bolsonaro deveria estar preocupado em garantir emprego e renda para a população desempregada, ampliar os programas de combate à fome e à miséria, construir políticas de desenvolvimento da indústria nacional já estagnada e sem perspectivas, estimular pesquisas para introduzir o Brasil na revolução tecnológica, buscar saídas para a disparada do dólar — que impede a economia de crescer, puxa a alta dos combustíveis e encarece alimentos e o consumo.

Em vez de trabalhar e buscar soluções para os problemas do país, o presidente insiste em lutar contra os pilares democráticos, garantias e direitos conquistados na Constituição de 88.

Precisamos unir as forças democráticas desse país e, com todo o nosso empenho, defender a democracia e a Constituição brasileira.  Não permitiremos que se destruam conquistas alcançadas a duras penas.

*Deputada federal pelo Acre e líder do PCdoB na Câmara
 









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com