“Inédito crime de responsabilidade premeditado”, diz Orlando Silva sobre Guedes e o orçamento de 2021

Brasília, quinta-feira, 3 de dezembro de 2020 - 10:42

POLÍTICA

“Inédito crime de responsabilidade premeditado”, diz Orlando Silva sobre Guedes e o orçamento de 2021


Por: Brasil 247

"Se o governo insistir em ignorar uma determinação expressa do TCU, estará configurado um inédito crime de responsabilidade premeditado", afirmou o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) em referência à tentativa do governo em flexibilizar as contas públicas para deixar de perseguir um limite fiscal.

Richard Silva/PCdoB na Câmara

O deputado Orlando Silva (PCdoB-SP) destacou no Twitter que, se o ministro da Economia, Paulo Guedes, deixar de enviar ao Congresso uma meta fixa para o resultado das contas públicas de 2021, o governo terá cometido um crime de responsabilidade "inédito e premeditado".

"Se o governo insistir em ignorar uma determinação expressa do TCU, estará configurado um inédito crime de responsabilidade premeditado. Inacreditável! Mais instabilidade política e econômica no horizonte", disse a parlamentar.

No Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias, o governo propôs que o valor da meta (receitas menos despesas) mudará ao longo de 2021 para se adaptar às estimativas de receitas e despesas para o ano. Na prática, a medida liberaria o governo a deixar de perseguir um limite fiscal.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com