Guedes terá de explicar impacto econômico do fechamento das fábricas da Ford no Brasil

Brasília, quinta-feira, 14 de janeiro de 2021 - 11:29      |      Atualizado em: 15 de janeiro de 2021 - 12:5

ECONOMIA

Guedes terá de explicar impacto econômico do fechamento das fábricas da Ford no Brasil


Por: Da Redação

Daniel Almeida (PCdoB-BA) quer que o ministro da Economia, Paulo Guedes, apresente ainda alternativas para a preservação do emprego dos trabalhadores demitidos com o encerramento das atividades da multinacional.

Richard Silva/PCdoB na Câmara
Daniel Almeida cobra explicações do ministro da Economia sobre impacto do fechamento das fábricas da Ford no país

Após anúncio do encerramento das atividades da Ford no Brasil nesta semana, o deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA) protocolou um requerimento de informações (RIC 13/2021) ao ministro da Economia, Paulo Guedes, para que ele explique os impactos na economia brasileira, bem como as alternativas para preservação dos empregos dos trabalhadores.

“O fechamento das fábricas da Ford no país trará repercussões negativas não apenas nos empregos, que por si só já merece atenção, mas em outras importantes áreas da economia, sobretudo nos estados e municípios diretamente afetados. Considerando as repercussões que o fato trará à nossa economia e à vida dos trabalhadores da montadora é que estamos solicitando do ministro da Economia esclarecimentos sobre os impactos na economia brasileira, bem como as alternativas para preservação dos empregos dos trabalhadores”, explicou o parlamentar em seu pedido.

Além das medidas para garantir a manutenção dos empregos e repor as perdas da economia regional, Almeida questiona, entre outros pontos, se o governo federal irá formular um plano emergencial ou política pública de desenvolvimento industrial para o Brasil com capacidade de atrair novos investimentos industriais, visto que os incentivos fiscais para o setor não se mostraram eficazes para manter os investimentos das montadoras no país.

O parlamentar quer saber ainda quais os planos do governo federal para requalificar a mão de obra do setor automotivo, sobretudo dos trabalhadores dispensados pela Ford, visto que a produção de veículos elétricos/híbridos e o investimento em novas tecnologias no setor têm ganhado mais espaço no mundo.

Almeida questiona também como o governo pretende rever os acordos de exportação com a Argentina e quais providências serão tomadas para impedir que outras empresas não deixem o país.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com