Congressistas reagem e comentam agressão a jornalista do Intercept

Brasília, quinta-feira, 7 de novembro de 2019 - 18:28

POLÍTICA

Congressistas reagem e comentam agressão a jornalista do Intercept


Por: Da redação, com informações da Ascom Márcio Jerry

A agressão do jornalista Augusto Nunes, da Jovem Pan, a Glenn Greenwald, editor do The Intercept Brasil, durante entrevista nesta quinta-feira (7) provocou manifestações de indignação entre parlamentares do Congresso Nacional.

Vinicius Loures/Câmara dos Deputados

“Quem não tem força nos argumentos tenta usar o argumento da força. Covarde, estúpido, o Augusto Nunes. Todo repúdio e toda solidariedade ao Glenn Greenwald”, escreveu o vice-líder do PCdoB, deputado Márcio Jerry (MA), em suas redes sociais.

Para a deputada Perpétua Almeida (PCdoB-AC), a postura de Nunes é típica do “comportamento dos bolsominios”. A deputada Alice Portugal (BA) também condenou o que classificou de “agressão covarde”. “Nunes usou os filhos do Glenn para atacá-lo por causa de matérias da Vaza Jato”, lembrou a parlamentar da bancada comunista.

O líder do PCdoB na Câmara, Daniel Almeida (BA), usou o Twitter para prestar solidariedade: “Todo repúdio ao ataque covarde do jornalista Augusto Nunes contra Glenn Greenwald em entrevista ao vivo no programa Pânico. Nossa solidariedade ao Glenn e à sua família”.

A líder da Minoria, deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), lamentou as agressões a jornalistas, reveladas por levantamento feito pela federação da categoria (Fenaj), ressaltando que elas têm sido estimuladas pelo clima de extremismo disseminado pelo bolsonarismo.

“Enquanto a violência for o caminho para rebater, a democracia estará em risco. Augusto Nunes passou mais uma mensagem horrível, logo ele formador de opinião (seja no campo da direita, mas que seja)”, escreveu no Twitter.

Outros parlamentares repudiaram a atitude de Augusto Nunes, no Senado e na Câmara.

Segundo o vice-líder da Rede no Senado, Fabiano Contarato (ES), pontuou: “Inadmissível esse comportamento de alguém que tinha de respeitar não só o colega de profissão, mas todos os brasileiros. Devia se comportar como jornalista!”.

Humberto Costa (PT-PE), líder do PT no Senado, lembrou que não é a primeira vez que Nunes cita os filhos do jornalista na tentativa de provocá-lo.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com