Parlamentares destacam aniversário da Petrobras e luta pela soberania

Brasília, quinta-feira, 3 de outubro de 2019 - 14:20

MOBILIZAÇÃO

Parlamentares destacam aniversário da Petrobras e luta pela soberania


Por: Portal Vermelho

Milhares de manifestantes tomam as ruas nesta quinta-feira (3) em defesa da Petrobras e da soberania nacional, em atos organizados em 11 capitais brasileiras. O aniversário de 66 anos da estatal será comemorado nas manifestações onde estarão diversas lideranças políticas e do movimento social.

FUP/Reprodução da Internet
Em Araucária (PR), a mobilização acontece no complexo da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) e na fábrica de fertilizantes Fafen

O líder do PCdoB na Câmara dos Deputados, Daniel Almeida (BA), diz que celebrar o aniversário da empresa nesta quinta-feira é “defender a soberania e o crescimento do país”.

Ele lembrou da imensa contribuição da estatal como o desenvolvimento do estado da Bahia e todo o Brasil. Mas, infelizmente, a entidade vem sofrendo o maior desmonte da sua história.

Foram privatizados, entre outros, a BR Distribuidora, a Petroquímica Suape (PE), a Termoelétrica Celso Furtado (BA) e sete sondas de perfuração.

“A decisão do governo federal de reduzir a presença da Petrobras na região Nordeste tem sido motivo de preocupação não apenas para os trabalhadores da estatal, mas à população e governadores”, lembrou.

A líder da Minoria na Câmara, Jandira Feghali (PCdoB-RJ), gravou um vídeo convocando seus conterrâneos para o ato às 16h, no Edifício da Eletrobrás, próximo a Candelária, de onde os manifestantes vão caminhar até a sede da Petrobras.

“É um dia simbólico para defender a soberania desse país, a sua altives e nacionalidade (...) Vamos estar juntos para caminhar até o prédio da Petrobras para marcar nossa luta”, convocou a parlamentar.

O presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Iago Montalvão, diz que a maior empresa brasileira deve continuar estatal. “A UNE foi fundamental para sua fundação com a campanha O Petróleo é nosso! E hoje nossa mobilização também é em defesa da Petrobras e da nossa soberania”, afirmou.

‘Crime contra o povo’

A presidenta nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), também confirmou presença nos atos. “A venda da Petrobrás é um crime contra o povo brasileiro e a economia nacional. O governo Bolsonaro está ferindo a soberania do país”, disse ela.

O Brasil acumula mais de US$1 trilhão em reservas de petróleo apenas no pré-sal. Em maio, bateu recorde de produção diária de quase 3,5 milhões de barris de óleo equivalente, petróleo e gás igualados. Mesmo com todos os problemas e sofrendo toda a sorte de ataques, a Petrobrás está entre as dez maiores empresas petrolíferas do mundo. “É patrimônio do povo brasileiro”, aponta a presidenta nacional do PT.

O senador Jean Paul, vice-presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobras, afirma que o governo mente ao insistir que a Petrobrás e ineficiente e está quebrada.

“É grave que o resultado de décadas de construção de um conglomerado estatal destinado a atuar em favor do interesse público brasileiro esteja sendo desmontado por esse projeto político-ideológico que tem como alicerces a submissão dos ativos estratégicos nacionais ao mercado financeiro e a entrega do controle de recursos naturais estruturantes para o país ao capital internacional”, criticou.

“Hoje, a Petrobras é a joia da coroa do projeto de liquidação do nosso patrimônio que está em curso no Brasil e contra o qual estamos resistindo juntos com os trabalhadores, trabalhadoras e todos os que lutam por nossas empresas, empregos e nossa soberania”, denunciou o senador Jaques Wagner (PT-BA).

*Com informações do PT no Senado









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com