Câmara não pode ser 'puxadinho' do Palácio do Planalto

Brasília, sexta-feira, 8 de janeiro de 2021 - 17:19

PALAVRA DA LÍDER

Câmara não pode ser 'puxadinho' do Palácio do Planalto


Por: Perpétua Almeida*

A campanha para conduzir Baleia Rossi à Presidência da Câmara dos Deputados tornou-se mais uma grande batalha em defesa da democracia: independência em relação ao governo para que a Câmara possa agir em prol de uma vida melhor para o nosso povo.

Com o lançamento oficial da candidatura na última quarta (6), o bloco democrático formado pela união de 11 legendas, com diferentes espectros políticos, assume o compromisso de cerrar fileiras para vencer esta disputa e derrotar as pretensões absolutistas de Bolsonaro.

O candidato do movimento, que oportunamente denominamos “Frente Câmara Livre”, conta com o apoio do MDB, PT, PSL, PSDB, DEM, PSB, PDT, PCdoB, Cidadania, PV e Rede.

Baleia é um deputado de oposição? Não. Ele é um parlamentar da esquerda? Também não. Baleia Rossi é o nome que foi capaz de canalizar, neste momento, o caminho para o enfrentamento das inquietações de forças políticas tão díspares, mas que perseguem um objetivo em comum: a defesa da democracia e independência da Câmara e dos demais poderes.

Assim como a mobilização do Parlamento na construção de uma agenda emergencial para superar a crise econômica, social e de saúde pública. Uma coisa os deputados e deputadas de nossa Frente Ampla têm clareza: a Câmara dos Deputados não pode ser um “puxadinho” do Palácio do Planalto!

Foi a postura independente da Câmara dos Deputados, conduzida por Rodrigo Maia, em amplo diálogo com todas as forças políticas da Casa, que garantiu, durante a pandemia, que 90% das ações de socorro ao povo, às empresas e ao emprego fossem produzidas e aprovadas na Câmara dos Deputados e, posteriormente no Senado.

Garantimos o auxílio emergencial no valor de R$ 600, quando o governo queria apenas R$ 200; aprovamos o auxílio emergencial para a Cultura, um dos primeiros setores a sentir de perto os efeitos da pandemia. Estados e municípios receberam ajuda, além de empresas e trabalhadores que obtiveram socorro para evitar as demissões em massa, entre tantas outras medidas que amenizaram o sofrimento do nosso povo.

Nos últimos dois anos, a Câmara dos Deputados e a sua presidência conseguiram enfrentar Bolsonaro na sua obsessão de afrontar o regime democrático e cercear as prerrogativas dos demais Poderes. O deputado Rodrigo Maia deixa em seu legado a defesa intransigente da Constituição e dos pilares da democracia. Felizmente também tivemos uma atuação firme dos membros do Supremo Tribunal Federal, que com independência, participaram da defesa da democracia.

É muito importante que a Câmara dos Deputados se mantenha uma instituição independente e em defesa do povo brasileiro!

Nesse sentido é também muito importante a vitória com Baleia Rossi.

*Deputada federal pelo Acre e líder do PCdoB na Câmara.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com