Em defesa do voto e do Estado Democrático de Direito

Brasília, terça-feira, 1 de novembro de 2022 - 14:19

NOTA

Em defesa do voto e do Estado Democrático de Direito


Por: PCdoB Nacional

Em nota, legenda repudia bloqueios a estradas e vias de grande circulação com intenção de questionar resultado das urnas.

Reprodução
Bolsonaristas não aceitam resultado das eleições e bloqueiam estradas

A Executiva Nacional do Partido Comunista do Brasil (PCdoB) emitiu nota nesta terça-feira (1º) na qual repudia com veemência os bloqueios a estradas e vias de grande circulação por todo o país que têm “a clara intenção de questionar o resultado das eleições presidenciais e gerar um clima de violência e instabilidade social para amedrontar a sociedade”.

Além disso, a nota diz que “bloqueios em estradas e vias que dão acesso a aeroportos e portos, além da convocação de atos com teor golpista, reivindicando a intervenção militar, são crime eleitoral e atentam contra o Estado Democrático de Direito”.

Também aponta que  “o silêncio de Bolsonaro diz muito, é um ato premeditado para criar mais instabilidade. Não passará”.

Leia a íntegra da nota:

Em defesa da soberania do voto e do Estado Democrático de Direito

O Partido Comunista do Brasil repudia veementemente os bloqueios a estradas e vias de grande circulação por todo o país promovidos desde o dia de ontem, 31 de outubro, com a clara intenção de questionar o resultado das eleições presidenciais e gerar um clima de violência e instabilidade social para amedrontar a sociedade.

Os bloqueios em estradas e vias que dão acesso a aeroportos e portos, além da convocação de atos com teor golpista, reivindicando a intervenção militar, são crime eleitoral e atentam contra o Estado Democrático de Direito.

No último domingo, o povo de forma democrática e legítima, elegeu Luiz Inácio Lula da Silva presidente do Brasil.

Mais de 40 horas após a vitória de Lula, Bolsonaro permanece sem se pronunciar. Sua atitude só reforça seu caráter antidemocrático e estimula alguns fanáticos a fazerem arruaça.

O silêncio de Bolsonaro diz muito, é um ato premeditado para criar mais instabilidade. Não passará.

Exigimos que as autoridades nacionais e estaduais cumpram a decisão do Supremo Tribunal Federal e do Tribunal Superior Eleitoral de garantir a liberação das estradas e manter a ordem.

O PCdoB, que integra a ampla frente democrática que se constituiu no país, exige o respeito à Constituição e à vontade soberana do povo brasileiro manifestada nas urnas.

É hora de unir o Brasil.

São Paulo, 01/11/2022

Executiva Nacional do Partido Comunista do Brasil









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com