A hora de Temer chegará

Brasília, sábado, 5 de agosto de 2017 - 12:50

PALAVRA DA LÍDER

A hora de Temer chegará


Por: Alice Portugal

Divulgação

O placar da votação da denúncia de Michel Temer deve ser comemorado como um triunfo. Vencemos uma batalha decisiva para garantirmos a vitória final da guerra.

A base golpista, que montou o mais abjeto balcão de negócios para obter esta vitória de pirro,  e não obteve o quórum constitucional. Terão portanto, enorme dificuldade em aprovar a reforma da previdência e de entregar outras 'encomendas ao mercado '.

Esse resultado nos anima a continuar lutando. Entendemos que é fruto da pressão popular. As frentes Brasil Popular, Povo sem Medo e os demais movimentos sociais, como o estudantil e sindical, tiveram papel fundamental. Partidos, como o PCdoB, também deram uma parcela de contribuição enorme. De certa forma, impusemos uma derrota ao governo, que saiu ainda mais fragilizado politicamente.

Os votos obtidos – 263 contra 227 - não sustentam a agenda central de desmonte do Estado brasileiro. Qualquer mudança constitucional exige pelo menos 308 votos. Houve dissidentes na base governista, e o Palácio do Planalto se surpreendeu com um Plenário quase dividido ao meio.

Esse números comprovam que o governo está afundando. O presidente ilegítimo negociou pesado para comprar votos de parlamentares, mas não conseguiu o total de apoios planejado. Ao reduzir a pó, o papel do Parlamento, usando as emendas e verbas extra-orçamentarias como pagamento para determinadas posições políticas.

Temer escapou da primeira denúncia da Procuradoria Geral da República por corrupção passiva, mas outras ainda mais graves virão. E ele já usou todo o poder de sua caneta. A tendência é que seja finalmente afastado da cadeira de presidente, que tomou após golpe contra a presidenta Dilma Rousseff.

O reforço da mobilização nas redes e nas ruas, portanto, é estratégico para retomarmos a normalidade democrática e superarmos as crises política e econômica no Brasil. Veja como votou cada deputado e pressione para que se posicione contra o corrupto Temer, sabotador da soberania nacional e algoz dos direitos dos trabalhadores. #ForaTemer #DiretasJá.

*Deputada federal pela Bahia e líder do PCdoB na Câmara.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com