Réu sem provas

Brasília, quinta-feira, 22 de setembro de 2016 - 12:17

#SOMOSTODOSLULA

Réu sem provas


Por: Daniel Almeida*

Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O medo de que Luiz Inácio Lula da Silva se candidate em 2018 e ganhe as próximas eleições presidenciais, depois do golpe instituído no Brasil com o impeachment de Dilma Rousseff, fez com que agentes públicos federais protagonizassem mais uma etapa da Operação Lava Jato, endossando o plano articulado pela direita para impedir o retorno da esquerda.

Nas últimas semanas, temos assistido a esta empreitada contra uma das maiores lideranças que o Brasil já teve. A denúncia, sem provas, feita de forma espetaculosa e desastrada pelos procuradores da força-tarefa da Operação Lava Jato contra o ex-presidente Lula, deixa clara a intenção de manchar sua história e tentar impedi-lo de participar do próximo pleito.

Como já esperado, o juiz Sérgio Moro aceitou a denúncia, mesmo sem ter nada que ligasse Lula aos escândalos da Operação. E foi assim que o ex-presidente virou réu. Sem provas, mas com convicção.

Querem criminalizar um projeto popular e democrático, iniciado em 2003, mas não conseguirão! Os milhões de brasileiros que se beneficiaram das políticas públicas entendem melhor que a elite engravatada os ganhos obtidos nos últimos 13 anos pela população.

A marca de Lula é a do financiamento estudantil, que levou milhares de cidadãos às universidades para que pudessem ter um diploma de ensino superior. A marca de Lula é a do Bolsa Família, que deu mais dignidade aos brasileiros de baixa renda. A marca de Lula é a do Minha Casa, Minha Vida, da recuperação da autoestima do nosso país. Não conseguirão manchar esta história.

E a resposta já começou. Se esperavam que Lula fosse abaixar a cabeça, se enganaram. Despertaram nele a vontade de lutar. Não só por sua trajetória, mas pelo retorno da democracia. E estaremos juntos nessa empreitada.

Acreditamos que cabe ao Ministério Público Federal zelar pelo respeito às leis e não ficar fazendo denúncia sem provas. O golpe já instituiu um presidente ilegítimo, que, aos poucos, consolida uma agenda de desmonte do Estado brasileiro, com privatizações, retirada de direitos dos trabalhadores e de direitos sociais. Não vamos permitir esse avanço neoliberal. Querem tirar a possibilidade de o povo brasileiro ter a opção da retomada do caminho da democracia, do desenvolvimento que o nosso povo construiu nos últimos 13 anos. Não conseguirão. Somos Todos Lula!
 

*Deputado federal pela Bahia e líder do PCdoB na Câmara.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com