PCdoB apoia projeto que define novas regras para criação de municípios

Brasília, terça-feira, 15 de maio de 2018 - 14:48      |      Atualizado em: 16 de maio de 2018 - 18:43

POLÍTICA

PCdoB apoia projeto que define novas regras para criação de municípios


Por: Tony Maciel     |    Edição: Christiane Peres

Proposta prevê plebiscito e estudos de viabilidade municipal para criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios.

Fellipe Neiva
Rubens Jr participa de ato em defesa do PLP 137/15

Durante encontro com delegações de emancipacionistas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, nesta terça-feira (15), na Câmara dos Deputados, o deputado Rubens Pereira Júnior (PCdoB-MA) defendeu a votação, no Plenário da Casa, do projeto de lei complementar (PLP 137/15), que prevê plebiscito e estudos de viabilidade municipal para criação, incorporação, fusão e desmembramento de municípios.

Segundo o parlamentar, o projeto de lei não está na pauta da Casa, e para ser incluído é necessário que algumas medidas sejam tomadas. “Já apresentamos requerimento para que o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, determine a inclusão. Outro caminho é que todos os líderes dos partidos se comprometam a colocar a matéria para votação. E o apoio de vocês é crucial para que isso aconteça”, explicou Rubens Júnior, que também afirmou que a mobilização popular é uma forma eficiente para garantir o avanço da pauta.

Entre os novos critérios exigidos está a necessidade de a população do novo município e do que foi desmembrado ser de pelo menos 6 mil habitantes, nas regiões Norte e Centro-Oeste. A população municipal mínima sobe para 12 mil habitantes no Nordeste; e para 20 mil, no Sul e Sudeste.

Para o deputado Rubens Júnior, o projeto de lei não estimula a criação de novos municípios e o aumento de despesas. “O que esse projeto faz é dizer qual é o critério para criar municípios daqui para a frente. Isso é uma questão de desenvolvimento. Nós precisamos ter os nossos representantes mais perto do povo”, defendeu.

A proposta em análise na Câmara prevê que o processo de emancipação deve ser iniciado com requerimento à Assembleia Legislativa do respectivo estado. O documento deve ser subscrito por 20% dos eleitores da área, em caso de criação ou desmembramento de município; ou de 3% dos eleitores de cada um dos municípios envolvidos, em caso de fusão ou incorporação.

O parlamentar maranhense aproveitou a ocasião para reafirmar o posicionamento do PCdoB em relação à matéria. “Em nome do líder do partido, Orlando Silva, anuncio que todos os deputados votarão a favor desse projeto. Também me comprometo a enviar encaminhamento à coordenação da bancada maranhense no Congresso Nacional para que todos os deputados do estado votem juntos, em defesa dos interesses dos emancipacionistas”, finalizou.









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com