Sob pressão, Bolsonaro recua na medida contra trabalhadores

Brasília, segunda-feira, 23 de março de 2020 - 15:24

POLÍTICA

Sob pressão, Bolsonaro recua na medida contra trabalhadores


Por: Portal Vermelho

Parlamentares cobram revogação total da medida provisória que é uma bomba contra trabalhadores.

Isac Nóbrega/PR
Após críticas, Bolsonaro volta atrás em suspensão de salários dos trabalhadores

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) anunciou nesta segunda-feira (23) que revogou o artigo 18 da Medida Provisória (MP) 927/2020, que previa a suspensão de quatro meses de salário do trabalhador durante a pandemia de coronavírus.

Para a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) não adianta revogar só o artigo 18 da MP. “A medida inteira precisa ser desfeita. O Congresso precisa urgentemente mandar de volta essa bomba contra o povo”, diz.

“É um atrapalhado, um perturbado. Viu que a sociedade toda reagiu contra esse absurdo desumano e teve que recuar. Bolsonaro faria melhor se tirasse férias até o fim do mandato. Sua ausência seria uma benção para o país”, avaliou o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP).

Já a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) afirmou que Bolsonaro “fez terrorismo social com uma MP perversa em meio a uma crise sem precedentes”. “Com a reação gigantesca, diz que “mandou revogar” o que ele mesmo assinou, como se houvesse um terceiro culpado. Cínico e sociopata”, disse.
 









Últimas notícias

Notícias relacionadas

Sobre nós
Contatos

Área Restrita
Login
Liderança do PCdoB na Câmara dos Deputados
Praça dos Três Poderes, Câmara dos Deputados, anexo II, sala T-12
Brasília-DF - 70160-900 - Telefone: 55 (61) 3215-9732
ascompcdobcd@gmail.com